quarta-feira, 30 de novembro de 2011

EU E VOCÊ

Image Google


NÃO ME DISSERAM QUE ERA ASSIM.
NEM QUE SERIA DE REPENTE.
NÃO TIVE TEMPO. MAS JÁ ERA O MOMENTO.
NÃO DEI POR MIM E NEM PERCEBI.
LÁ ESTAVA VOCÊ, COM SEU JEITO, SEU CHEIRO.
LÁ ESTAVA VOCÊ EM MIM...
COMPARTILHEI COM VOCÊ O MEU CORAÇÃO.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Fé x Religião

Ultimamente tenho encontrado pessoas de diferentes meios que tem em comum o questionamento sobre ter ou não uma religião, além de pertencer ou não a ela. Bem, muito se fala sobre intolerância religiosa, sobre a importância de respeitar as crenças alheias, mas será que de fato existe um respeito?
Image Google

Já estive em diferentes religiões que você imaginar, participei de algumas delas, mas hoje me identifico espiritualista. Faço parte de um lugar, ali me encontrei.
Não sei como você ver Deus, Jesus Cristo, Buda ou tantos outros líderes religiosos que apareceram no decorrer da história. Acredito que o vínculo que se estabelece com cada um destes são pessoais e intransferíveis. Cada pessoa que conheço me faz acreditar que ter fé ou ser alguém de fé é individual e então me pergunto:
Para que se discutir fé e religião? Levando em consideração que possui significados diferentes, ainda assim até a interpretação é individual. Não há a certeza de nada, do que é real ou imaginário. O que fico preocupada é quando encontro pessoas que discutem a fé das outras e leva ao extremo de odiar o outro por não fazer parte da mesma linha de pensamento. Para mim tudo é importante e válido. Procuro não fazer valor de julgamento ao ser humano.
Não sei se é certo ou errado, o que sei é que mais importante de tudo é aprender o respeito ao próximo. É acreditar que relações humanas precisam de limite e consideração e muitas vezes temos comportamento que agride o próximo e a nós mesmo.
Para mim religião não faz sentido, mesmo com o propósito de religar as pessoas, apenas funciona para estabelecer ligações entre pessoas com a mesma crença.
Então, voltamos ao ponto inicial. A intolerância, o julgamento, o egoísmo, a vaidade que fazemos questão de colocar na frente quando tentamos impor aquela verdade como única. Mas que verdade é esta?
Sempre pergunto as pessoas: você viu Jesus Cristo ser pregado, crucificado e apedrejado? Porque eu não vi, mas as pessoas acreditam na fé dos ensinamentos que estão ai na Bíblia Sagrada.  Que através de parábolas descreve uma vida, uma morte e uma ressurreição.
Fé algo que não se vê e não se pode tocar, apenas sentimos em nós da nossa forma e com aquilo que decidimos acreditar.
Viva a cada pessoa e sua fé individual.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Porque amar alguém é tão doloroso?

Não ensinaram a ela que a vida é uma oportunidade. Se jogara a primeira ilusão e machucara profundamente seu coração. Mariazinha, chorava pela dor do abandono. Não entendia que o para sempre não existe.
Mariazinha só pensava em sua dor, não sabia como arranca-lhe o que ia na alma. Vagava pelas ruas, com um olhar distante e um semblante perdido consumida pela dor, pela indiferença e pela solidão que agora era parte dela.

Image Google


Porque amar alguém se torna algo tão doloroso?
Quando falamos de amar e de amor parece ser fácil vivenciar este sentimento que existe desde que mundo é mundo. Existem muitas teorias a respeito, prateleiras de livros com explicações sobre a forma de amar.
Porém, não existe forma ideal para o amor. A gente só aprende a amar, amando; experimentando e muitas vezes se machucando.
Mas antes de aprender este amar o outro porque não começamos amando a nós mesmo?
Inicialmente parece fácil, mas a parte mais dificil começa com a decisão de nos tornamos a prioridade nas nossas vidas.  Adquirimos lucidez aos poucos e neste aprendizado entendemos a importância que amar a nós é nossa missão.
Viemos aprender isto. Decidido entrar nesta viagem, precisamos aprender a ser paciente e amoroso conosco. É fundamental e importante.
De repente, estamos frente a frente com nosso eu mais profundo, eis, o começo da jornada  nesta existência.
Afloramos aos poucos em nós, nossas experiências de vida, nossos traumas e tudo que escutamos na infância sobre o certo e o errado.
Eu não acredito muito em certo ou errado.Acredito sim, que tudo é uma questão de ótica.
Parece fácil olhar por este angulo, mas não é. Acredite. Imagine deparar com pessoas que nos machucam e na sua concepção acredita estar agindo corretamente.
Assim restam, muitas dores com marcas profundas.Sentimentos que terminamos carregando por atitudes talvez inconscientes.
Penso também que consciente ou inconsciente o universo ensina os limites que precisamos.
Mas e nós, o que de fato achamos? no que realmente acreditamos? o que de fato queremos?
Decida isto, interiorize em você e acredite que o universo conspira a seu favor.
Não existe resposta na verdade e muito menos fórmula para aqueles que querem amar, o que acredito que existe é a vontade de querer ser feliz. De transbordar amor e compartilhar com este alguem.
Seja feliz! Esteja Feliz!
E acima de tudo seja sua própria companhia.
Dia de Luz para você!

sábado, 19 de novembro de 2011

Você sabe dizer não?

Qual melhor momento de dizer não?
Ainda não descobri se existe, mas sei que em um determinado momento você aprende e descobre o que quer e o que não quer.
Então, tudo faz a diferença.
Dizer não, muitas vezes não é fácil. Carregamos em nós um medo de sermos rejeitados e isto dificulta a escolha mais importante: decidi parar, colocar limites e fazer entender como de fato você é.
Imagem Google

No primeiro instante aqueles que já estão habituados ao seu comportamento vão estranhar e até mesmo se afastar, mas a partir daí que você saberá quem de fato continuará a seguir a vida com você.
Estranho, deixar para trás quem acreditamos que estará sempre conosco, mas é necessário para crescemos e fazer a diferença na nossa vida.
Toda escolha é feita de perdas e ganhos. Quem escolhe sempre ganha algo, porque tomar a decisão, se posicionar diante da própria vida já é um valioso presente para si.
De repente, observa que durante anos suas vontades e anseios não correspondiam a quem de fato você é. Tudo parece sem sentido e quando você se depara consigo mesmo, se pergunta:
Quem sou? Onde estou? E para onde quero ir?
Na maioria das vezes você não tem a resposta. Olha para trás e não reconhece a si mesmo, porque o personagem criado não é quem de fato você é.
Para você, deixa de ser importante o que as pessoas pensam ou falam ao seu respeito, é como se só então você entendesse que precisa fazer algo da sua vida. 
Percebe que levou tempo demais tentando satisfazer os outros e esqueceu do que você realmente gosta ou quer.
Não importa mais lamentar o que passou, acredite que foi o tempo necessário para interiorizar o que você de fato não quer mais para si.
PARE, PENSE E RECOMECE.
Antes de tudo por você. Terão dias que serão dificieis, dolorosos e complicados. Mas sempre acredite que amanhã será melhor. Tudo pode se transformar e conduzi-lo para o encontro consigo mesmo. E creia será o melhor encontro da sua vida.
Sucesso no caminho!

Magali Pastore

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

TEMPO

Preciso de tempo para me acostumar...
E agora já faz tempo...
Depois de tanto tempo, ainda espero o tempo...
Olho as horas e parece que o tempo não passou,
mas que engano, o tempo passou
mas a dor ficou...

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Dia lindo!!!